DOM DULCÊNIO FAZ NOVA DIVISÃO TERRITORIAL PARA PARÓQUIAS DE PALMEIRA DOS ÍNDIOS


Aconteceu em primeiro de agosto do corrente ano, na Catedral Diocesana de Palmeira dos Índios- AL, às 09 horas da manhã, uma concelebração Eucarística, presidida por Dom Dulcênio e tendo como concelebrantes: Padre Antonio Bernardo, Padre David e Padre Edberto, com a participação de fiéis vindos das quatro paróquias situadas na cidade de Palmeira dos Índios, a saber: Nossa Senhora do Amparo (Catedral), São Cristóvão, São Sebastião e São Vicente.
A finalidade principal desta celebração foi a de reunir lideranças religiosas e fiéis atuantes nas comunidades dessas paróquias para apresentar-lhes uma nova organização e estrutura territorial, visto que, as paróquias: Catedral e São Cristóvão possuem uma numerosa quantidade de capelas e comunidades rurais, enquanto que, as paróquias de São Sebastião e São Vicente possuem um número bem menor de comunidades.
O desejo do Bispo, expresso em reunião com os Padres dessas paróquias e na homilia da santa Missa ele externou para o povo, foi o de oferecer um melhor atendimento e desempenho pastoral a essas comunidades, principalmente as rurais, uma melhor assistência aos fiéis aí residentes e necessitados da presença atuante de seus sacerdotes para: formação, visitas as famílias, idosos e enfermos, e melhores momentos celebrativos, principalmente as celebrações dos sacramentos da Penitência e da Eucaristia, com mais unção e participação de fiéis de todas as comunidades.
Foi anunciado e lido também os decretos de criação das novas paróquias: Divina Pastora, em Palmeira de Fora (Catedral) e Nossa Senhora das Graças, no Bairro Juca Sampaio (S. Cristóvão), que permanecerão como “Quase Paróquias”. Tudo isso, visando uma melhor assistência pastoral a todos os fiéis que participam ativamente dessas comunidades e os afastados também. Essa nova organização entrou em vigor à partir de primeiro de agosto do ano em curso. Pediu o Bispo aos fiéis leigos presentes que rezem, para que a partir dessa nova organização todas as comunidades sejam melhor assistidas, e que novos frutos comecem a surgir com o esforço de todos na construção do reino de Deus visível em cada comunidade, com o empenho de pastores e fiéis em cada comunidade.

Padre Antonio Bernardo dos Santos –

Vigário Paroquial da Catedral Diocesana





Comentários