NOVA NOTA OFICIAL COM MEDIDAS PREVENTIVAS AO COVID-19


Palmeira dos Índios – AL, 21 de março de 2020

Estimados Presbíteros, Religiosos (as) e Fieis Leigos (as)
Em decorrência das circunstâncias pelas quais a humanidade está passando, na luta contra a proliferação da pandemia do COVID-19, também em nossa Diocese, vivemos as mesmas preocupações. Ver, sentir compaixão e cuidar uns dos outros é o ensinamento que a Campanha da Fraternidade está nos ensinando de forma prática.
Considerando o Decreto Nº 69.541 emitido pelo Governador do Estado de Alagoas, no Art.2º, que suspende, em todo território estadual, o funcionamento de “templos, igrejas e demais instituições religiosas”.
ORIENTAMOS:
I- A suspensão da celebração da Santa Missa com participação do povo, por tempo indeterminado, na Catedral, nas Matrizes, Capelas, Sítios, Santuários e Casas Religiosas que estão no território da Diocese de Palmeira dos Índios.
II- As Missas, especialmente, no Dia do Senhor, sejam celebradas, a portas fechadas, na Igreja Catedral e na Matriz de cada paróquia. Quando possível, sejam transmitidas ao vivo pelas emissoras de rádio e pela internet. Os fieis procurem acompanhar esta transmissão. Para isso, deverão ser informados do horário, além de poderem assistir pelas emissoras de TV de inspiração católica.
III- Os Padres, como pastores, mantenham-se em suas paróquias e intensifiquem suas orações, quer pela Liturgia das Horas, quer por suas orações pessoais, em favor do seu rebanho.
IV- Somente diante de real necessidade e tomando as devidas precauções exigidas pelo momento atual, sejam administrados os Sacramentos da Unção dos Enfermos e da Confissão, e se realizem as Exéquias.
V- Quanto aos Sacramentos do Batismo e do Matrimônio sejam cancelados ou adiados para um tempo oportuno.
VI- Que os Sacerdotes motivem os féis a permanecerem em suas casas.
Estas Orientações entram em vigor na data de sua publicação, 21 de março de 2020, e têm validade até que determinemos o contrário. Que sejam divulgadas e cumpridas em todo o território de nossa Diocese.
sejam fervorosos de espírito, servindo ao Senhor. Sejam alegres na esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração” (Rm 12,11). É tempo de nos fortalecermos na fé e na esperança. Jesus é o Deus-conosco; nossa casa é Sua casa e, tão logo, mais fortalecidos, voltaremos a nos encontrar no templo do Senhor, em comunidade. Fiquemos na proteção de Deus e de nossa Mãe do Amparo
Com minha bênção,


Dom Manoel de Oliveira Soares Filho
Bispo Diocesano de Palmeira dos Índios

Comentários